Siga-me por e-mail...

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Aquarela


Não repare meu sorriso amarelo
Devido ao meu cansaço esroxeado
Nem repare se meu amor não é tão vermelho
Se notar em meu tom azul nostálgico
Que estou a verdes esperanças
De que a branca paz
Mude o mundo
E que uma bela aquarela
Mude o que for
Estranho e sem cor
Que mude também
O tom do meu viver.

By: José Lucas.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Meu lugar

Meu lugar
É música, calor e paz
Onde quer que se vai
Faz-se amigos demais
Mas, infelizmente nem tudo é feliz
Há muita gente esquecida aqui
Um povo impávido, guerreiro
Com braço forte
E que vida desafia
Nosso peito a própria morte
Mas, verás que um filho teu não foge a luta
E entre outras mil
Povo varonil
São bravos
Brasis
Brasileiros.

By: José Lucas.